Arquivo para a categoria ‘Inovação’

projetos de construção civil

O uso de contêineres marítimos na construção civil ganha adeptos no Brasil. Os projetos mostram que reciclar as grandes caixas metálicas descartadas pelo segmento de transporte pode garantir conforto, beleza, rapidez e sustentabilidade à obra. “O tamanho das unidades é adequado à construção modular. Além disso, o transporte é fácil e permite levar casas prontas para serem montadas em qualquer lugar do país”, afirma Danilo Corbas, arquiteto idealizador do projeto Casa Container.

Segundo ele, os módulos habitáveis podem ser utilizados em casas, quartos de hotéis, prédios de escritórios, estabelecimentos comerciais, alojamentos e qualquer outra construção. A grande vantagem está na estrutura. Robustos e feitos de aço tratado contra corrosão, os contêineres podem ser empilhados, exigindo menor investimento em fundação e colunas. Adaptam-se facilmente aos terrenos, permitem construção por etapas e oferecem mobilidade. “Para mudar de endereço, basta desmontar a casa e colocá-la em cima do caminhão.”

A obra também é mais rápida e limpa, já que o terreno receberá tudo pronto de fábrica. “É como montar peças de lego.” A estética do contêiner também evita o gasto com materiais para acabamento externo. “Assumindo as características e o visual das caixas é possível reduzir em até 35% os custos da obra”, explica Corbas. Para quem não gosta da aparência do caixote, a arquitetura modular permite a instalação de fachada, combinando o cenário externo com a estrutura robusta do contêiner. O custo do metro quadrado construído pode variar entre R$ 800 e R$ 1,6 mil, sem contar o terreno. “No final, o preço pode ficar bem perto da alvenaria. Mas os ganhos ambientais são enormes.”

 

O apelo da reciclagem seduz o segmento de construção que encara o desafio de reduzir impactos ambientais. De acordo com Francisco Cardoso, professor do departamento de engenharia civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), essa indústria responde por 40% dos impactos ambientais do planeta. “É importante estudar métodos construtivos que aproveitem material disponível e ajudem a mitigar os efeitos. Mas os projetos têm de garantir saldo positivo”, afirma. Cético, ele acredita que a construção metálica modular sirva para uso provisório. “As construções definitivas requerem muita tecnologia e gente preparada”, alerta.

De fato, os contêineres exigem projetos com isolamento térmico e acústico nas paredes e estudo do terreno para desenhar janelas que permitam circulação cruzada de ar. As medidas são necessárias para reduzir o uso de ar-condicionado ou aquecimento, oferecendo também eficiência energética. Morar em uma caixa metálica sem tratamento é o mesmo que habitar um forno no verão e uma geladeira no inverno. Para garantir o mesmo desempenho de uma casa de alvenaria, é preciso respeitar o microclima local e prever soluções conjugadas como a instalação de ecotelhados e outros atributos para casas sustentáveis. “Dependendo das exigências do projeto, o custo empata com a alvenaria ou pode ser até maior”, alerta a arquiteta Juliana Fuzetto. Outra dificuldade é encontrar contêineres para transformação no Brasil e mão de obra adequada para prepará-los.

Na Holanda, onde adoção de contêineres habitáveis é uma solução consolidada, é possível encontrar hotéis e residências com unidades recicladas. Quinten de Gooijer, executivo da Tempohousing, afirma já há um mercado internacional para a venda de unidades habitacionais construídas a partir de contêineres marítimos. É possível ter acordo com empresas que trabalham nos portos ou adquirir módulos prontos na China.

Com esse método pré-fabricado, a Tempohousing construiu a maior vila de contêineres do planeta em Amsterdã. A solução resolveu a carência da capital holandesa por dormitórios para estudantes, criando um alojamento com mil contêineres, “Todos os apartamentos foram montados com unidades recicladas e são dimensionados para atender às demandas dos estudantes”, afirma. Outra vantagem está na mobilidade. A vila pode ser desmontada e instalada em outro local.

De Gooijer vê o Brasil como um mercado atraente pelo aumento da renda da população e o crescimento do mercado imobiliário. A Tempohousing pretende abrir escritório por aqui e oferecer casas, hotéis e escritórios. Experiência internacional em países quentes não falta à companhia holandesa, que montou um hotel de alto padrão na Nigéria. Para o Brasil, a aposta está na oferta de casas com 60 m2, prontas para morar. “No mercado internacional, essas unidades custam em média US$ 30 mil”, afirma.

Mas vender contêineres habitáveis no Brasil ainda é um negócio complicado. O preconceito vem sendo quebrado aos poucos. O empresário gaúcho André Krai transformou contêineres descartados em butiques de moda e montou a franquia Loja Container Ecology Store. “Queria ter um varejo que fugisse dos altos custos dos shoppings e, ao mesmo tempo, não obrigasse o dono da loja a construir no terreno”, explica.

O uso das caixas contribuiu para a criação de unidades de venda modulares, de construção rápida e com todos os atributos ecológicos. O preço também é acessível. A loja pronta, com todos os cursos, estudos de mercado e taxas fica entre R$ 79 mil e R$ 250 mil.

Fonte: http://construcaocivilpet.wordpress.com/

Anúncios

Curiosidade

Cada vez mais a tecnologia está sendo avançados, arquitetos italianos projetaram uma ponte que, além de servir para transporte de veículos, pode produzir energia limpa. A Solar Wind que agrega 26 turbinas eólicas que podem gerar 36 milhões de quilowatts ano.

Projetada pelos arquitetos Francesco Colarossi, Giovanna Saracino e Luisa Saracino, a Solar Wind ainda apresenta outros atributos sustentáveis. O asfalto por onde os carros trafegam, também, foi desenhado para integrar painéis solares. Dessa forma, o próprio asfalto seria capaz de gerar 11 milhões de quilowatts de energia. O projeto dos três italianos oferece um pequeno parque para que os motoristas pudessem admirar a vista do alto.

Solar Wind, o que achou dela ?

Ponte do futuro

ponte que capta energia solar

O que vocês acharam? Nos de sua opinião

Cores da estação

Ontem começou o inverno! Que cores desta estação mais te inspiram ?  Para começar a decoração com as cores da estação sem precisar mexer nos moveis, é simples e fácil!

Primeiramente, analise bem o cômodo e repare as cores em sua composição. Seus móveis são de madeira? Os tapetes têm cores frias, quentes ou neutras? E o sofá? Tudo isso ajuda na definição do padrão cromático para o ambiente. Em seguida, escolha a cor que melhor se combina ao conjunto. Agora, se seu ambiente tem cores predominantemente frias, você pode buscar o equilíbrio com a cor Flower Pot. Por outro lado, um verde como Green Bay compõe muito bem com cores quentes.  Agora se você e uma pessoa  que ama a cidade, as cores inspiradas na composição urbana podem cair muito melhor do que se imagina. Escuros como o Majestic Purple ou o Bracing Blue evocam o charme da metrópole e, com moderação, transbordam elegância quando misturados a outros elementos escuros. Outra opção é o Gray Matters, que pode ter um charme mais sóbrio ou surpreendentemente alegre, se parte integrante de um ambiente com tons de rosa, roxo ou amarelo. Para finalizar, se você quiser abusar das tendências do ano, uma boa opção pode ser o Hearty Orange. O tom alaranjado permite que ele seja combinado com outras cores frias como verde e azul, em uma composição perfeita para pessoas modernas.

Qual cor te inspira mais ?

Abuse e use de criatividade, e mãos a obra pessoal!


Modernidade

O tubo hotel que fica a 45 minutos, ao sul, da cidade do México.  O hotel fica dentro de uma horta orgânica da Vila Tepotián , oferecendo para seus hóspedes uma noite singular. O quarto-tubos é equipado com cama queem size, luz e internet. Com esse conforto criativo, os hospedes tem um espaço generoso para guardar as malas embaixo da cama e permite também regular a temperatura do ambiente. O custo de uma diária para duas pessoas fica $500 pessos.

Confira algumas imagens:

conforte e criatividade

um design diferente para uma noite de sono

Simplicidade e conforto

tecnologia e ecológico

Muito legal esse hotel não ?

Vivencie uma noite singular num hotel de tubos você também

Ficou com vontade de conhecer esse hotel, mas pensou : E o uso do banheiro? Não fique preocupado, existe próximos aos tubos uma cabine com lavados e chuveiros individuais(água quente e tudo mais). A única coisa que eles não disponibilizam e o shampoo, toalhas e itens assim.

Fonte: http://www.blogdaconstrucao.com.br/uma-estadia-num-tubo-de-concreto/

Gaiolas decorativas

Objetos vintage e que não eram tão valorizados, atualmente, são tendências na decoração. Agora uma simples gaiola de pássaros, pode se transformar em um lindo objeto de decoração. Para fazer uma composição harmoniosa, o segredo é combinar o estilo da gaiola com o estilo da decoração. Gaiolas maiores e de madeiras podem ser aproveitadas no jardim. É comum usá-la no jardim ou em um ambiente arejado, adaptando um vaso de flores ou plantas no interior dela.

Adaptando um vaso de flores ou plantas no interior dela.

Dá para pendurá-la na sacada ou em outro espaço que você deseja criar um clima mais aconchegante.

Gaiolas Iluminadas

Os modelos antigos também são muito usados em decorações mais rústicas, pendurados em lugares estratégicos ou transformados em lustres e luminárias.

Gaiolas iluminadas, pode fazer toda a diferença

Para amenizar a pressão do trabalho e deixar o seus estudos mais produtivo, uma luminária de gaiola traz tranquilidade ao espaço:

Uma gaiola para amenizar a pressão do trabalho e dos estudos

Transforme uma, duas ou três gaiolas em lustres:

Que tal dar um toque de originalidade à sala?

Veja que sensacional que fica

Organização:

Ela ainda pode ser a solução para organizar aquela pequena bagunça:

No quarto, você pode usá-la para pendurar os objetos que precisa estar sempre em mãos:

Facilidade e pratica para organizar suas coisas

Dá para fazer vários objetos adaptando a gaiola. Uma boa ideia é criar um mural para pendurar as atividades e fotos da família e dos amigos:

Solte a criatividade

Fotos : http://pinterest.com/

 

 

 

 

 

 

Decoração para festa junina

Junho é o mês dos namorados, de Santo Antonio e , é claro de festa junina. E para comemorar com a família e amigos não pode faltar uma decoração temática.

Preparar sua casa para festa típica e quase uma brincadeira e não precisa de luxo. Você vai precisas de bandeirinhas coloridas e de outros itens para deixar a casa com um ar campestre, além de muitos quitutes e um sonzinho caipira ao fundo.

Ao começar a entrar no clima da festa, comece arrumando a mesa para as gostosuras. Separe uma toalha de mesa xadrez e use cestas de vime ou potes coloridos para colocar doces. Para servir o quentão, as canecas de metal esmaltado completam o espirito junino.

Se você quer ir alem das bandeirinhas coloridas, você pode pendurar pedaços de tecidos pelo quintal. Se estiver tempo, da para fazer lanternas de papel e surpreender os convidados quando a noite cair.

Lanternas de papel

Confira passo a passo : http://www.oncewed.com/11871/diy-blog/diy/diy-lighted-paper-pendant-banner/

Outro item que você pode usar são as caixas de madeira, que geralmente deixamos em um quartinho, como porta-bebidas. Espalhe as caixas pela casa, deixando os convidados ainda mais aconchegados:

caixas de madeira, como porta-bebidas.

FOTO: http://revistacasaejardim.globo.com/Revista/Common/0,,GF86687-16765,00-FESTA+JUNINA.html#fotogaleria=1

Reinvente tudo

Que tal pensar em uma casa mais sustentável? Com pouca grana e muita criatividade, ainda dá tempo de revolucionar ou até mesmo para ganhar um dinheiro e complementar o orçamento da família. Agora solte a criatividade, e comece a própria diversão. É mais fácil do que parece, os resultados são ótimos para a formação das crianças e os momentos de convivência, pra lá de prazerosos.  Veja algumas dicas que a Emprax mostra para você para dar um UP na sua casa esse final de semana.

Este aquário adaptado em televisor velho ficou bem interessante

Vejam que legais as luminárias feitas com garrafões plástico de água.

Confiram este exemplo da mala que virou um bar.


Depois de experimentar esses exemplos, tenha um ótimo final de semana


Nuvem de tags